ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Você está aqui: Capa » ARQUIVO » ANTONIO CARLOS FERNANDES BORJA

ANTONIO CARLOS FERNANDES BORJA

WallyWally, é assim que ele é conhecido no CEB e entre todos os montanhistas cariocas, chegou ao montanhismo depois de observar o movimento do bondinho do Pão de Açúcar. Estava internado em um hospital na Glória e nada podia fazer a não ser apreciar o vai e vem de um dos nossos principais cartões postais. Disse para si mesmo que ficaria bom e iria curtir aquele singelo passeio. Foi lá na Urca e viu “uns malucos escalando”. Achou que jamais faria aquilo. Sequer imaginava naquela época que, anos mais tarde, seria conhecido como um especialista em escalar o Dedo de Deus: “uma montanha pela qual sou apaixonado, que já escalei várias vezes e levei muita gente lá”. Chegou ao CEB via Feira da Providência. O clube estava com um estande lá. Curioso, se aproximou e achou as fotos expostas muito interessantes. No dia seguinte foi conhecer o CEB de perto e ouvir histórias e mais histórias de aventuras, de desafios e de lazer. Sua primeira caminhada foi ao Pico da Glória, na Serra dos Órgãos, com o guia Francesco Berardi. Logo fez amigos e em 1992 participou do Curso Básico de Montanhismo (CBM). Em 1996 foi convidado a participar do curso de guia. O montanhismo para ele é uma lição de vida, que o ajuda demais nas atividades diárias e profissionais. “Se a gente não mantiver o equilíbrio, fica difícil encarar certos problemas”. A escalada é sua paixão, e depois que fez o Aconcágua e a Cordilheira dos Andes, na Argentina, descobriu que gosta de escalar em gelo e neve. Em outubro vai encarar um grande desafio, um sonho acalentado há anos: ir ao Lobuche Island Peak na base do Monte Everest e subir a Ama Dablam (que significa “Mãe e Colar de Pérolas”), a uma altitude de 6.812 metros, localizada no Nepal. Para a realização desta façanha, está se desfazendo de alguns pertences, mas se diz super feliz: “Para realizar um sonho você tem de dar o primeiro passo”. Wally, nas atividades sociais do clube, sempre presenteia seus amigos com sua voz melodiosa e seu violão. Não há festa perfeita sem o som do Wally.

Wally, aliás, Antonio Carlos Fernandes Borja, é formado em Educação Física e trabalha como empresário.

Set/2011

Os comentários estão fechados.